3 de Maio: Dia Mundial da Liberdade de Imprensa

03 de maio de 2020

O dia 3 de maio foi proclamado como o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa em 1993 pela Assembléia Geral das Nações Unidas, sob proposta da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). Este dia é uma oportunidade para avaliar a liberdade de imprensa em todo o mundo, defender a mídia contra ataques à sua independência e prestar homenagem a jornalistas que perderam a vida no curso de sua profissão.

PUBLICIDADE

No atual contexto global da luta contra a pandemia do COVID-19, o Instituto de Políticas Públicas de Direitos Humanos do Mercosul (IPPDH) destaca a importância da liberdade de expressão, liberdade de imprensa e acesso à informação e papel essencial do jornalismo e da mídia.

Nesse sentido, destaca-se o papel fundamental dos jornalistas em informar o público sobre a pandemia do COVID-19, bem como a necessidade de tomar precauções para proteger sua saúde física e mental no exercício da profissão em um contexto de risco e grande pressão. O jornalismo profissional e a circulação de informações rigorosas, oportunas, confiáveis ​​e verdadeiras relacionadas ao coronavírus são essenciais para que os Estados adaptem sua resposta à disseminação do COVID-19, aprendam sobre as experiências de outros países e proponham mais políticas e medidas públicas. adequado a partir de uma abordagem de respeito pelos direitos humanos.

Ao mesmo tempo, em um mundo em que as informações circulam rapidamente pelas redes sociais com grande impacto, destaca-se a necessidade de verificar as informações antes de circular nas redes sociais e promover o uso de fontes confiáveis. Jornalistas e a mídia, bem como agências governamentais, organizações não-governamentais e cada pessoa individualmente têm a possibilidade de evitar a circulação de informações falsas ou enganosas, que podem gerar confusão, discriminação, ódio, intolerância, xenofobia, perigo para saúde ou qualquer tipo de violência.

O IPPDH reconhece os esforços de jornalistas de todo o mundo para fornecer informações de qualidade em meio a essa pandemia e seu lugar fundamental na construção da agenda pública e no acesso à informação.

 Fonte: IPPDH

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here